INTERVENÇÃO DA FISIOTERAPIA NA MOBILIZAÇÃO PRECOCE EM UNIDADE HOSPITALAR COM ÊNSAFE EM UTI

  • Eder Moreira de Freitas
  • Audrei Fortunado Miquelote
Palavras-chave: Cinesioterapia, Eletroestimulação, Fisioterapia

Resumo

O presente estudo tem como objetivo descrever a importância da intervenção precoce para paciente internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A mobilização precoce em UTI, promove o aumento da força muscular por meio da Cinesioterapia e da Estimulação Elétrica Neuromuscular (EENM), visando a diminuição do tempo de internação e melhora da qualidade de vida. Sendo assim, o objetivo deste estudo é: discutir a importância do Fisioterapeuta, como integrante da equipe multidisciplinar, na intervenção sobre a mobilização precoce de pacientes na UTI, o que é visto como um importante processo para acelerar a recuperação dos pacientes. A metodologia para o desenvolvimento deste estudo foi a Pesquisa Bibliográfica, e tomou como base a análise de artigos publicados nos últimos 15 anos. Como resultado, ficou evidente que a mobilização precoce, pode promover recuperação mais rápida dos pacientes internados em UTI, isso graças a aplicação de técnicas de mobilização precoce embasada pela cinesioterapia, ressaltando a importância da atuação do Fisioterapeuta como membro da equipe multidisciplinar em UTI.

Publicado
2020-05-08
Como Citar
Freitas, E., & Miquelote, A. (2020). INTERVENÇÃO DA FISIOTERAPIA NA MOBILIZAÇÃO PRECOCE EM UNIDADE HOSPITALAR COM ÊNSAFE EM UTI. Teoria & Prática: Revista De Humanidades, Ciências Sociais E Cultura, 2(1), 14-26. Recuperado de http://isca.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/25